segunda-feira, 18 de julho de 2016

Latrocínio em Ibiúna: gerente de postos de combustíveis é roubado e assassinado

Carro da Vítima Queimado
    A Polícia Civil de Ibiúna investiga a morte violenta de um homem que morava em Osasco-SP e era gerente de dois postos de combustíveis em Ibiúna. 

    No sábado à noite, 16/07, Gilberto Manoel de Moura, 44 anos, e a esposa dele, Evanuzia Nogueira Gonçalves, 40 anos, transitavam de carro pela rodovia Quintino de Lima, que liga Ibiúna à São Roque, quando dois criminosos rendeu o casal.

    Ambos foram obrigados a irem para o banco de trás e um dos ladrões assumiu a condução do automóvel, em seguida os ladrões subtraíram R$ 300,00, celulares e exigiram a chave de um cofre instalado num dos postos de combustíveis. Os delinquentes sabiam do cofre e que Gilberto tinha a chave. 

    Os marginais fizeram contato telefônico com um terceiro indivíduo e este veio até o local onde o carro da vítima estava com as vítimas e os dois ladrões e ao pegar a chave foi embora. Mais tarde, o terceiro criminoso telefonou afirmando que tinha dado certo.

    Os marginais disseram que iriam libertar o casal. Libertaram o homem, mas disparam três tiros em direção a ele e depois fugiram com a mulher dentro do carro, adiante libertaram a mulher. Evanuzia Nogueira procurou ajuda em casas vizinhas. 

    Uma guarnição da Guarda Civil foi ao local e colheu informações com a mulher a respeito dos fatos. Pela manhã seguinte os guardas localizaram o carro queimado numa estrada rural e depois encontraram o corpo de Gilberto Moura dentro de um mato à margem de uma estrada rural que liga o Bairro Verava ao Bairro Carmo Messias, em Ibiúna.

    Fonte: Jornal do Povo de Ibiúna

Nenhum comentário:

Postar um comentário