segunda-feira, 20 de junho de 2016

Sequestro-relâmpago na Capital Paulista termina com criminoso morto em Sorocaba

    O combate contra a criminalidade infere em confrontos dos agentes da lei contra criminosos, e mortes resultantes disso, em ambos os lados, é uma realidade concreta. 

    O mais recente em Sorocaba ocorreu na madrugada de sábado, 18/06, com um infrator sendo morto em tiroteio contra a polícia no Bairro Wanel Ville, zona oeste de Sorocaba. João Batista do Espírito Santo Júnior, 34 anos, era fugitivo da cadeia, e já tinha passagens criminais por roubo, porte ilegal de arma, receptação de veículo e furto.

    João Batista atacou um administrador de empresas em um semáforo no Bairro da Mooca, na Capital Paulista e obrigou o homem a dirigir o Honda / Civic pela Rodovia Castello Branco. Em determinando momento, o administrador foi colocado no porta-mala, e, depois, deixado na Avenida Paraná, na Zona Industrial de Sorocaba.  A vítima conseguiu encontrar a base da Polícia Militar do bairro e avisou sobre o crime. 

    Uma viatura da Força-Tática encontrou o criminoso dirigindo o carro às 3h30 na Avenida Américo Figueiredo, Jardim Simus. Houve acompanhamento por diversos bairros até o Bairro Wanel Ville, houve troca de tiros na Avenida Edward Maluf. Lá, o ladrão bateu o carro em uma cerca, e saiu do automóvel atirando contra os policiais militares. O marginal morreu baleado com dois tiros no tórax.

    Reproduzida do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário