domingo, 22 de maio de 2016

Crack e cocaína lideram quantidade de drogas apreendidas em Sorocaba

    De janeiro à primeira quinzena de maio, a droga mais recolhida em Sorocaba pela Guarda Civil Municipal foi o crack, seguido de cocaína, maconha e LSD. 

    A GCM registrou, de janeiro até a primeira quinzena de maio, 88 ocorrências de tráfico de entorpecentes e 44 registros de porte de drogas em Sorocaba. Tais ações resultaram na apreensão de 15.500 porções de entorpecentes, além da prisão de 66 adultos e encaminhamento de 48 adolescentes ao plantão policial.

    Do total de drogas recolhidas, 7.404 porções foram de crack, 4.299 de cocaína, 3.785 de maconha e 12 porções de LSD (dietilamida do ácido lisérgico). 

    De acordo com o comandante operacional da GCM, Ezequiel de Souza Oliveira, é preocupante que o crack esteja em primeiro lugar em número de apreensões. “Esse tipo de droga vicia mais rápido e a fissura é tão grande que o usuário, para alimentar o vício, passa a praticar crimes em busca de qualquer objeto ou dinheiro para obter a droga.”

                    Prevenção é a chave

    Ezequiel destaca ainda que a prevenção é a melhor maneira de evitar as drogas, sobretudo, entre os mais jovens. “É importante que os pais fiquem atentos às ações dos seus filhos e a qualquer alteração de comportamento e humor deles. Os traficantes podem estar em todos os lugares, inclusive, perto de escolas, mas, sobretudo, onde há concentração de pessoas.”

    A GCM faz patrulhamento preventivo pela cidade, especialmente, em espaços públicos. Porém Ezequiel destaca que a contribuição da população, por meio de denúncias, tem sido fundamental para os bons resultados na apreensão de drogas.

    A corporação ainda tem um trabalho de prevenção primário contra a violência, desenvolvido pelo Grupo de Formação Cidadã, que em 2015 atingiu 26 mil pessoas. Há teatro infantil e de fantoches, além do Cão Terapeuta, entre outras atividades, para trabalhar a conscientização das crianças, jovens e adultos quanto à importância de se manter longe da criminalidade e da violência. “Isso buscando caminhos para a construção de cidadãos mais conscientes e comprometidos”, frisa o subcomandante.

    As solicitações desses serviços, mediante agendamento, podem ser feitas por via protocolo de pedido, diretamente na sede da GCM, situada na Rua Castanho Taques, 100, no Jardim Ana Maria. Mais informações serão passadas pelo telefone (15) 3212-9400 e 199

    Reproduzida do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário