terça-feira, 3 de maio de 2016

Corte irregular de árvores é caso de Polícia em Sorocaba

    Cortes indevidos de árvores no Bairro Aparecidinha foram flagrados pela Guarda Civil Municipal na tarde de sábado, 30/04. 

    O caso parou na delegacia. Denúncias anônimas levaram a GCM e a Polícia Ambiental em uma área localizada na Avenida Três de Março, onde encontraram homens usando motosserra para derrubada de árvores nativas e exóticas em um terreno particular. 

    Quando questionados quanto à guia de porte e uso da motosserra, que é obrigatório de acordo com a Lei Federal 9605 art. 51, o encarregado pela poda disse não portar o documento.
 
    O responsável ainda afirmou que a maquinaria era emprestada. Quanto à autorização para poda, que deve ser expedida pela Prefeitura, disse que tal documento estava com a empresa que o contratou. Foram cortadas 79 árvores ao todo. Na delegacia, foi registrado um boletim de ocorrência de crime ambiental, pelo uso irregular da motosserra. 

    Um representante da empresa apresentou a autorização da Prefeitura, porém apenas o corte de 32 árvores estava autorizado. A empresa também será autuada no âmbito do decreto municipal 21007/2014 pelas demais árvores cortadas indevidamente.

    Reproduzida do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário