sexta-feira, 13 de maio de 2016

Casal que reside em Sorocaba é denunciado pelo Ministério Público Federal por pornografia infantil na internet

     Um casal está denunciado pelo Ministério Público Federal em Sorocaba por armazenar milhares de arquivos com cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes, e compartilhá-los pela internet. A polícia prendeu o homem em flagrante na residência, localizada no Jardim Santa Marina, zona norte da cidade. Os crimes foram praticados entre maio de 2014 e março deste ano.

    Ao cumprirem mandado de busca e apreensão no dia 31 de março deste ano, os investigadores encontraram na residência dos denunciados um computador com dois discos rígidos, onde estavam armazenados quase 600 mil arquivos com vídeos e imagens relacionados à pornografia infantil.

    O compartilhamento pela internet era feito por meio de programas “peer-to-peer” (P2P). Os investigadores utilizaram softwares desse tipo para identificar o IP utilizado pelo casal. Em seguida, puderam localizar o ponto físico onde era estabelecida a conexão. 

    Os crimes de compartilhar e armazenar material com pornografia infantil estão previstos nos artigos 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei n. 8.069/90). A pena de prisão para quem pratica esses delitos pode chegar a 10 anos, e pagamento de multa.

    Reproduzida do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário