quinta-feira, 28 de abril de 2016

Delinquente reage incursão policial e durante troca de tiros é morto em Votorantim

    Rafael Rodrigues Lopes Júnior, apelidado por "Minhoca", foi morto a tiros quarta-feira,27/04, em confronto com a Polícia Militar, em Votorantim. 

    Ele era conhecido no meio policial como um criminoso que participava de quadrilhas que ataca caixas eletrônicos. No carro que Rafael dirigia, a Polícia apreendeu grande quantidade de explosivos, armamentos e equipamentos que o crime organizado usa para cometer roubos e furtos.

    De acordo com informações da Polícia, a abordagem ocorreu na Rua Venízia dos Santos Albertoni, no Bairro Ana Cláudia, por volta das 21h30. A polícia já tinha a informação de que Minhoca estaria pelo lugar e estava fazendo um acompanhamento do carro que o ladrão dirigia - um VW / Gol cinza, placa de Itu. 

    Na hora da ordem de parada, feita por policiais militares da 1ª Cia. do 40º Batalhão, o homem sacou um revólver e começou a disparar contra eles. No tiroteio, Lopes foi atingido e morto. Os policiais saíram ilesos.

    Dentro do carro, os policiais acharam uma mochila contendo quatro explosivos, sem os cordões [apenas as chamadas emulsões: o material explosivo em si]; um revólver de calibre 38; 25 munições de calibre 556 e 10 munições de calibre 762; uma touca ninja e um canivete. No porta-mala havia uma espingarda de calibre 12, com quatro munições. Lopes portava um revólver Táurus de calibre 380.

    Uma ambulância do Samu 192 chegou a ser acionada para socorrer a vítima, mas o ladrão não resistiu. Ele tinha diversas passagens criminais, como tráfico de drogas e receptação. Equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais foram acionadas e retiraram os explosivos do veículo. A perícia também compareceu ao local.

     Reproduzida do Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário