sexta-feira, 4 de março de 2016

Presos quatro suspeitos do latrocínio em São Miguel Arcanjo

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais de Itapetininga capturaram quatro pessoas apontadas como autoras do latrocínio consumado e latrocínio tentado, em 27 de fevereiro de 2016, no “Sítio União das Primaveras”, na zona rural de São Miguel Arcanjo.

Conforme afirma à Polícia, dois acusados andaram de carona no carro do sitiante Marcos Nicolino, 62 anos, e imaginaram que Marcos Nicolino tinha muito dinheiro, por isso planejaram assaltar o sitiante.

Os dois que moram no Bairro Justinada, convidaram mais dois indivíduos que moram no mesmo bairro e foram cometer o roubo na noite de 27 de fevereiro. 

Quando tentaram render a vítima, o sitiante tentou reagir, por esse motivo um dos rapazes atirou atingindo o carro e o sitiante. Em ação contínua, os quatro entraram na residência do caseiro Marcos Munhos, 38 anos, e também atiraram na cabeça do caseiro. 

Os criminosos roubaram objetos e o carro que era conduzido pelo proprietário do sitio. Levados ao pronto-atendimento de São Miguel Arcanjo, o sitiante Marcos Nicolino morreu, e o caseiro fora levado para um hospital em Sorocaba. No dia seguinte a Polícia Militar encontrou o carro abandonado no centro da cidade.

               Identidade dos suspeitos

Os quatro suspeitos estão presos desde quinta-feira (03/03), o tais são: Clebersçon Romani Natalício, apelidado por “Tubaína”, Roberto Alessandro Ribeiro Noronha, conhecido por “Fio”, David Willian Bueno, e o mentor do crime, o adolescente J.S.S. de 17 anos. 

O delegado assistente da DIG de Itapetininga, Luiz Henrique, afirmou ao Blog Toni Silva Sorocaba, que os quatro respondem por latrocínio consumado e latrocínio tentado, e formação de quadrilha (redação final do artigo 157 e artigo 288, ambos do Código Penal). 

Os quatro estão presos por cumprimento de mandado de prisão temporária por 30 dias. O delegado Luiz Henrique disse ainda que deverá relatar o inquérito nos próximos dias e solicitar a prisão preventiva dos envolvidos.

Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário