domingo, 27 de março de 2016

Mulher é assassinada em Boituva

Vítima
O Corpo de Bombeiros de Boituva recebeu informação que havia uma mulher morta numa lagoa próximo da Rua Antonio Galvão Pacheco, no Bairro São Vicente de Paula.

Os bombeiros se dirigiram ao local e acionaram à Polícia Militar. Quando as esquipes chegaram no referido endereço encontraram na margem do lago, o corpo de Elisângela Cristina Machado, 35 anos.

Conforme informação da polícia, o corpo da mulher apresentava ferimentos nas costas provocados por golpes de faca e as mãos da vítima estavam amarradas. Elisângela Cristina morava na Vila Aparecida, na mesma cidade. 

O delegado de Boituva, Silvan Renosto registrou o caso como morte suspeita. O corpo fora encontrado por volta das 12h45 de domingo (27/03).


O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato. 

Um comentário:

  1. Tomara que fazem exames NAS CORDAS PARA VER SE TEM DIGITAL,SENÃO FICA COMO MUITOS CASOS SEM SOLUÇÃO POR FALTA DE EQUIPAMENTO APROPRIADO,A VIOLÊNCIA ESTA GANHANDO ESPAÇO,TEMOS QUE LUTAR TMB POR MELHORIAS DE PESQUISA,TENHO UMA DOR ATE HOJE,UMA SECRETARIA MINHA FOI MORTA EM SUA PROPIÁ CASA A UNS ANOS,,ENCONTRADA APOS 3 DIAS JA EM ESTADO DE DESCOMPOSIÇÃO E OQUE FOI ALEGADO CAUSA DA MORTE,,,, EPILEPSIA EU A CONHECIA A 11 ANOS E NUNCA ELA TEVE UM ATAQUE EPILÉTICO

    ResponderExcluir