quarta-feira, 23 de março de 2016

Moça que sobreviveu após o acidente do avião em Salto de Pirapora relata o que ocorreu antes do avião cair

Delegado Gilberto Montenegro
O delegado de Salto de Pirapora, Gilberto Montenegro Costa Filho ouviu a sobrevivente do acidente com a aeronave, ocorrido em 12 de março de 2016, quando um avião Bravo Savannah caiu na Fazenda Bonanza, no Bairro Fazendinha, área rural de Salto de Pirapora.

Milca Sano Pereira de 31 anos, relatou que foi a primeira vez que ela esteve abordo daquele avião. Voando por quase uma hora naquela tarde, o piloto José Marcos Pereira, 68 anos, tentou descer no campo de aviação da Fazenda Bonanza, mas a aeronave se aproximou para pousar voando alto e desenvolvendo suposta velocidade incompatível.

Tais circunstancias não favoreceram aterrizar no campo de aviação da Fazenda, depois dessa situação o piloto fez a aeronave subir, naquele momento o avião “levantou o nariz”, isto é uma posição de aclive acentuada. Em seguida ocorreu à queda do avião. O piloto faleceu no local e a filha sofreu lesões graves.

O delegado Gilberto Montenegro também é piloto de avião e falou ao Blog Toni Silva Sorocaba, que as declarações da sobrevivente mantém a suspeita de falha humana, pelo fato da tentativa de pousar voando alto, a alta velocidade do avião, e depois a situação da aeronave levantar o nariz, que causa perda de sustentação das asas. O delegado disse ainda que haverá complementação de perícia no avião para concluir se também houve falha técnica   

Ainda conforme afirmativa do delegado, Milca está internada no Hospital Samaritano, em Sorocaba, ela foi submetida a procedimentos cirúrgicos nas pernas e no braço, e não há previsão de alta.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário