sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Guardas civis de Sorocaba convencem homem com problema mental a aceitar atendimento médico

Na madrugada de sexta-feira (13/11) a Guarda Civil prestou apoio a uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, contendo um homem de 43 anos, armado com um facão que ameaçava familiares no Bairro Nova Esperança.


Guarnições da Patrulha Comunitária foram acionadas para dar apoio a uma equipe do SAMU que foram atender um homem com histórico de esquizofrenia em uma residência na Rua Humberto Sampaio de Souza, que estava extremamente agressivo, ameaçando os familiares com um facão, oferecendo risco as pessoas e também a equipe de socorristas. 

Os guardas no local iniciaram uma negociação com o senhor obtendo êxito em acalmá-lo, convencendo-o a dispensar o facão no chão, não sendo necessário o uso da arma de condutividade elétrica que estavam preparados para utilizar caso fosse preciso. O homem seguiu com a equipe médica até o atendimento no Pré Hospitalar Zona Norte, onde foi devidamente medicado. Não houve ferido.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário