terça-feira, 10 de novembro de 2015

Adolescente reclama ter sofrido estupro após aceitar carona de estranho no centro de Pilar do Sul

Uma adolescente reclamou na Delegacia de Pilar do Sul, que sofreu estupro, depois que ela aceitou carona de um desconhecido, na região central daquela cidade.

A adolescente (V.C.R de 15 anos) relatou que na noite de 17 de outubro de 2015, ela estava na Praça Padre Luiz Trentini (em frente ao Fórum de Pilar do Sul), quando um veículo Astra de cor verde apareceu, do interior do carro saiu um homem que disse chamar-se Alexandre, ele falou que conhecia a mãe da adolescente e até citou o prenome da genitora da menor.

O tal Alexandre ofereceu uma carona, a adolescente aceitou, ambos entraram no carro e seguiram em direção a Zona Industrial de Pilar do Sul. Naquele local, o indivíduo sacou uma arma de fogo e obrigou a adolescente a cometer conjunção carnal. 

Depois do crime sexual, o homem abandonou a menor pela Avenida Antonio Lacerda, na altura da Vila Nova Pilar I, bairro que a vítima reside. Na segunda-feira (09/11): quase 30 dias após o fato, a menor e o pai dela registraram queixa na Delegacia de Pilar do Sul.

Conforme relato da vítima, o indivíduo trajava calça jeans e camiseta, tem olhos castanhos, cabelos castanhos e lisos, aproximadamente 1.80 de altura, e gordo. A polícia investiga o caso.


O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.   

Um comentário:

  1. SÓ NÃO ENTENDI UMA COISA>>> PORQUE REGISTRAR OCORRÊNCIA QUASE 30 DIAS DEPOIS?????????????????

    ResponderExcluir