quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Segunda fase do inquérito que apura o caso dos falsos médicos na região de Sorocaba

Delegada Fernanda Ueda
A segunda fase da “Operação Placebo”, que investiga a atuação dos falsos médicos na região, está entrando na fase final do inquérito, conforme afirmou ontem a delegada de Mairinque, Fernanda Ueda. Segundo ela, várias pessoas já prestaram depoimento.

Nesta etapa do processo, a polícia analisou os tipos de contratos e relações entre as empresas e os falsários. Além da Inovaa, o Instituto Ciências da Vida e a empresa Guazza, que prestavam serviços à Santa Casa de São Roque, foram averiguados. 

O Ministério Público também apurou a responsabilidade dos órgãos de fiscalização das prefeituras sobre a contratação dos falsos médicos e se eles poderiam ter evitado as fraudes. De acordo com o MP, as empresas que forneciam os médicos poderão ter de devolver aos cofres públicos o valor pago aos profissionais. Durante o processo, também foram analisadas as 60 declarações de óbitos emitidas pelos infratores.

Na semana passada, seis envolvidos ganharam liberdade provisória por determinação do Tribunal de Justiça de São Paulo. De acordo com a delegada Ueda, estão soltos o dono da Innovaa, Pedro Renato Guazzelli, o funcionário da empresa, Davi Bem Mamczur Gonçalves, a secretária Sandra Regina dos Santos Teixeira, e os falsos médicos, Pablo do Nascimento Mussolin, Natani Taísse, e Jaime Ricardo Chumacero. José Pablo Rojas Roliz, que está foragido, teve o pedido de habeas corpus negado e continua com a prisão preventiva decretada.

A falsa médica Vilka de Souza Nobre, primeira a ser descoberta no esquema fraudulento, ainda continua foragida. Conforme as investigações, ela deixou o plantão médico de Alumínio, no dia 11 de julho. Funcionários da unidade desconfiaram de sua atitude e consultaram o site do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo para confirmar seu cadastro, quando descobriram que ela usava o CRM de outra profissional. A partir daí, a polícia descobriu os outros infratores pela região.

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário