quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Mais uma vez grupo impetuoso detona explosivos no Bradesco em Tapiraí

A ação de bandidos armados fortemente na madrugada de quinta-feira (22/10), em Tapiraí, atacando o cofre do Bradesco (único banco da cidade), confirma o fato de que à Polícia Militar em cidades pequenas é impotente para reagir ação de marginais que cometem esse tipo de crime.

Texto do Blog Bom Dia Piedade informa que os criminosos dispararam vários tiros próximo ao Grupamento da Polícia Militar, estabelecido próximo ao Bradesco de Tapiraí. Essa atitude dos criminosos foi mais uma afronta ao estado, eles fazem isso porque sabem que o estado não têm condição mínima de reação. Para eles os disparos é uma forma de gritar aos ouvidos do estado “é o nosso bando cantando de galo no seu terreiro, estado” (escrevi dialeto nordestino).

A narrativa do jornalista André Gomes, do Blog Bom Dia Piedade acrescenta que os meliantes fizeram uma barreira para garantir o sucesso da ação criminosa de seus comparsas e ao término do delito fugiram em três carros, e nenhuma captura ocorreu. Esse tipo de crime abala à mínima sensação de segurança que a população credita ao estado. 

No momento a verdade é essa: criminosos agem como querem atacando bancos pela madrugada em cidades pequenas, pondo em risco à população e os policiais militares que não conseguem reagir, por falta de armas de grosso calibre e por ter contingente que não inibe esse tipo de crime. Necessita de uma estratégia urgente para combater essa modalidade delituosa.


Merece Reflexão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário