sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Justiça libera os três adolescentes que mataram o idoso em Guareí

À justiça liberou aos pais, os três adolescentes envolvidos no latrocínio do idoso Nelson Momberg de 76 anos, crime cometido no final da noite de terça-feira (15/09), na residência da vitima situada no "Sitio Momberg" Bairro dos Barros, em Guareí.

A liberação ocorreu porque não havia uma cela para acomodar os menores por cincos dias, até existir vagas na Fundação Casa. Menores infratores em Guareí eram encaminhados para uma cela em Capão Bonito, mas como a cela era ao lado de outra cela que abrigava maiores e a estrutura é precária, um magistrado impôs medida impedindo abrigar menores na cela. 

Por causa dessa medida aquela região não dispõe mais de local para abrigar menores por cinco dias, até a liberação de vaga na Fundação Casa. Este site/blog tentou mais informação junto ao MP de Porangaba, mas sem sucesso,  ouvi o seguinte por telefone: Por se tratar de processo envolvendo menores o mesmo transcorre sob segredo de justiça, portanto, não é possível se pronunciar a respeito do caso; sugiro que tente informação com o cartório do Judiciário. Liguei no cartório e a afirmativa foi semelhante; "Não há como falar a respeito do processo pelo fato de está sob segredo de justiça".

Este site/blog apurou que à justiça liberou os três adolescentes que moram em Guareí, no dia seguinte, ou seja na quinta-feira (17/09).  

                                                    O caso

Quatro indivíduos cometem latrocínio num sitio em Guareí; a vitima é um idoso

Criminosos invadiram o "Sitio Momberg" localizado na Estrada Municipal do Bairro dos Barros, em Guareí, e mataram o morador Nelson Momberg de 76 anos. O idoso sofreu lesão na cabeça ao ser atingido por objeto contuso, e morreu no local.

Após o crime, os ladrões levaram o automóvel da vitima, um Gol de cor prata com placa de Guareí JNM 7530. A esposa do Sr. Nelson, a senhora Orminda de Oliveira Momberg de 72 anos, estava na casa e ficou abalada ao ponto de não solicitar socorro e nem chamar à Polícia. O crime ocorreu no final da noite de terça-feira (15/09). Na quarta-feira (16) alguém foi na casa do casal e presenciou a cena do homem caído no chão do quarto e morto. 

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência levou a mulher ao Pronto Socorro de Guareí, onde recebeu atendimento médico. Policiais civis iniciaram diligência para tentar identificar os criminosos, no início da noite de quarta-feira (16) à Polícia Civil informou que já havia identificado e detido os criminosos: três adolescentes e o jovem Abner Ramos, 19 anos, todos moradores em Guareí. 

Ao capturá-los, a polícia soube que eles desferiram coronhadas de espingarda na cabeça do idoso, porque a vitima ameaçou reagir. Além de levar o carro eles também subtraíram dinheiro e cartão de banco com senha. A polícia ainda não encontrou o carro. Os adolescentes serão apresentados ao curador da infância e juventude, que decidirá encaminhamento para Fundação Casa, e Abner Ramos será encaminhado para um Centro de Detenção Provisória.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário