sábado, 22 de agosto de 2015

DIG de Sorocaba tenta identificar autores de homicídio no Jardim Capitão, em Sorocaba

A Delegacia de Investigações Gerais investiga a identidade dos autores do linchamento que tirou a vida de Aroldo Fernando Batista, 39 anos, no domingo (16/08), no Jardim Capitão. Segundo testemunhas, o homem sofreu agressão por cerca de 15 pessoas e depois atropelado por um Citröen, no cruzamento da Rua Major Zacharias Belloti com a Tuffi Aidar. 
 
O crime foi descoberto pela Polícia Militar através de uma denúncia anônima, recebida por volta das 5h30. A informação era de que Aroldo Batista havia se envolvido numa briga, que terminou na agressão. O homem foi encontrado caído de bruços e apresentava lesões na cabeça. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) compareceu ao local e constatou sua morte. 
 
Ao lado do corpo foram encontrados pedaços de madeira, possivelmente usados na agressão. Os policiais da DIG querem identificar os autores e saber o motivo do assassinato. Aroldo tinha sete filhos e foi sepultado no domingo, no Cemitério Santo Antônio.

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário