quarta-feira, 6 de maio de 2015

Rapaz mata avó no Jardim Humberto de Campos, em Sorocaba

Um rapaz de 27 anos matou a avó, que completaria 74 anos no próximo dia 14, no Jardim Humberto de Campos, na terça-feira à ontem (05/05). Segundo policiais militares da 5ª companhia, Eriton Henrique Silveira atingiu com um vaso sanitário a cabeça de Maria Ana da Silva. 

O rapaz morava em Mato Grosso do Sul e passava uns dias na casa da avó, onde também moram seus pais. Por volta das 12h30, ele estava sozinho com a idosa, quando discutiram. Num estado de surto, o jovem pegou um vaso sanitário e bateu na cabeça da mulher, que morreu na hora.

Em seguida, Eriton saiu sem roupas e ensanguentado na rua e foi surpreendido por populares, que ficaram sabendo do homicídio e bateram em sua cabeça com barras de ferro. Uma vizinha tentou protegê-lo e também acabou ferida no braço, mas não precisou ser hospitalizada. Os policiais foram acionados e tentaram abordar o indivíduo, que resistiu à prisão. Assim, os agentes tiveram de usar de força moderada para contê-lo.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) esteve no local, constatou o óbito da idosa e levou o rapaz ao Hospital Regional, onde passaria por exames neurológicos. De acordo com o cabo Cabral, que atendeu à ocorrência, Eriton parecia estar drogado e ter usado bebida alcoólica. Ele também já apresentava sinais de transtornos mentais. No domingo (03/05), ele já tinha agredido o pai em casa. O homem teve ferimentos no olho e precisou ser medicado. 

Ainda, conforme o cabo Cabral, a polícia acredita que Eriton estava nervoso por ter se separado recentemente da mulher e perdido o emprego. Ele não tem passagens criminais, mas tem um irmão preso por tráfico de drogas que também agrediu a avó quando ainda morava com os pais. O homicídio foi registrado no plantão policial norte. Após receber alta, Eriton deve ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP).

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário