quarta-feira, 20 de maio de 2015

Jovens de Salto de Pirapora são presos em São Miguel Arcanjo, acusados de cometerem "saidinha de banco"

Raul
Aproximadamente 10 dias atrás, um empresário entrou no Bradesco de São Miguel Arcanjo e sacou do caixa convencional R$ 39 mil, após sacar o dinheiro o empresário entrou em seu automóvel e o conduziu em direção ao seu escritório.

Sem o empresário perceber, dois indivíduos numa motocicleta seguiram o carro do empresário, e quando ele parou o carro, os dois chegaram junto e o indivíduo que estava na garupa apontou uma arma de fogo e exigiu o dinheiro.

O empresário entregou os R$ 39 mil. Os criminosos fugiram. A Polícia Militar conseguiu imagens do interior do banco, que registraram pessoas no momento que o empresário sacou o dinheiro. 
Otávio


Ao verificar as imagens registradas por câmeras de comerciantes durante o trajeto do banco atá em frente ao escritório, os policiais militares visualizaram um rapaz que estava no interior do banco, e suspeitaram que o rapaz teria visto o momento que o empresário fez o saque.

O rapaz aparece nas imagens saindo do banco acompanhando o empresário, ele entrou num Corsa seguindo o automóvel do empresário. A polícia suspeito que no mínimo aquele rapaz teria alguma ligação com os criminosos que efetuaram o assalto. 

Após calorosa suspeita de que o rapaz estaria envolvido, os policiais militares mostraram as imagens aos funcionários dos bancos da cidade, e aos comerciantes próximos aos bancos, orientaram a todos que se vissem alguma pessoa mostrada pelas imagens dentro do banco ou próximo aos bancos chamassem à Polícia Militar (telefone 190).

No início da tarde de terça-feira (19/05) um funcionário do banco do Brasil avistou no interior da agência o rapaz que apareceu nas imagens registradas no interior do Bradesco, no dia que os ladrões roubaram os R$ 39 mil do empresário. 

O funcionário do banco do Brasil acionou a Polícia Militar, os policiais chegaram no interior do banco e detiveram Raul Mendes Pacheco de 20 anos, que havia estacionado um automóvel HB 20, dentro do carro estava o comparsa dele, Otávio Correia de Oliveira, 22 anos, ambos moradores no Bairro Recanto São Manoel, em Salto de Pirapora.  

Na Delegacia da cidade, Raul confessou que estava dentro do Bradesco, viu o empresário realizar o saque dos R$ 39 mil, saiu da agência e entrou no Corsa da avó dele, para seguir o empresário; durante o trajeto ele forneceu características do empresário e do automóvel que o empresário conduzia, seu comparsa Otávio estava na garupa da motocicleta e cometeu o roubo. Otávio nega autoria do assalto, mas a vitima o reconheceu. 

O delegado Reginaldo Mendes Costa solicitou prisão preventiva dos indivíduos e a justiça determinou a prisão (artigo 157 do Código Penal); os dois foram encaminhados para unidades prisionais da região de Itapetininga. Raul e Otávio são suspeitos de serem autores de "saidinhas de bancos" em Pilar do Sul.

Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário