quinta-feira, 9 de abril de 2015

Rapaz é acusado de matar cabeleireiro em Sorocaba

Cobrança de pagamento de um corte de cabelo motivou homicídio de Robson dos Santos Andrade, 29 anos, no Jardim Josane, zona leste de Sorocaba. De acordo com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), o crime foi cometido em 26 de fevereiro de 2015, pelo próprio cliente da vítima, identificado como Edgar Martins. 

Segundo o delegado José Humberto Urban Filho, Robson não tinha passagens criminais nem usava droga. Ele era ajudante geral e trabalhava como cabeleireiro nos finais de semana, atendendo vizinhos e conhecidos em sua casa. 

Há cerca de um ano, Edgar Martins cortou o cabelo com o rapaz, mas não pagou pelo serviço, de R$ 35. Assim, Robson passou a cobrá-lo diversas vezes. Numa delas, os dois chegaram a discutir e Robson agrediu Edgar. 

Na noite do crime, por volta das 20 horas, uma vizinha notou que um veículo que tocava música funk deu algumas voltas no bairro, parou próximo a um contêiner de lixo, na Rua Isabel Machado Sizinando, e “testou” uma arma. 

Robson, que caminhava pela via com suas duas filhas pequenas, foi surpreendido pelo indivíduo. Este o abordou e disse: “Agora você vai morrer!” O cabeleireiro respondeu: “Desculpa. Me perdoa”. 

Em seguida, foi alvejado no braço, clavícula e tórax. Uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) foi acionada, mas o rapaz não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Populares foram ouvidos e reconheceram Edgar Martins, através de imagens fotográficas, como o autor do homicídio. 

Ele está foragido e possui um mandado de prisão temporária. De acordo com o delegado Urban, ele tem aproximadamente 25 anos e também morava no Jardim Josane. Quem tiver informações sobre seu paradeiro pode ligar na DIG, pelo telefone 3224.1595; 190, Disque-Denúncia 181; ou 197, Polícia Civil. Não é necessário se identificar.

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário