quarta-feira, 25 de março de 2015

Polícia Civil de Salto de Pirapora "derruba a casa" de dois acusados de degolar um homem em 2013.

Regina
Policiais civis cumpriram mandado de prisão preventiva na quarta-feira pela manhã (25/03), e levaram ao chilindró uma mulher acusada de participar da execução de José Roberto de Moraes, mais conhecido por "Nenezinho", que morreu ao ser degolado em 2013 no Bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora.

A captura de Regina Célia Almeida de Oliveira, 29 anos, ocorreu na casa dela, no Bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora. Segundo informação da polícia, José Roberto era usuário de droga e teria furtado ferramentas do traficante Ignácio Honorato Taverna, 34 anos. Regina que também vendia drogas para o traficante Ignácio, soube da autoria do furto e falou ao Ignácio que José Roberto havia furtado suas ferramentas.
Ignácio
 


Regina e Ignácio se ajustaram com um adolescente da mesma cidade e degolaram José Roberto, no Bairro Campo Largo, depois deixaram o corpo no Bairro Piraporão, no mesmo município. Naquele mesmo ano, a polícia prendeu Ignácio sob acusação de tráfico de drogas. 

Ignácio continua preso por tráfico e também vai responder pelo homicídio. Após ser apresentada na Delegacia de Salto de Pirapora, no início da manhã de quarta-feira a polícia encaminhou Regina para uma prisão feminina da região. 

Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário