terça-feira, 31 de março de 2015

Indivíduo é preso em Salto de Pirapora porque mantinha sua amásia em cárcere privado

Denis Guedes
Ao saber que sua amásia M.R.H.C de 22 anos, pretendia romper o relacionamento conjugal, o ajudante de serviços gerais, Denis dos Santos Guedes manteve sua amásia em cárcere privado no interior da residência do casal por quatro dias. 

Durante esse período, o ajudante geral ameaçava matar sua amásia se ela saísse de casa, ou contasse o caso para alguém. A mulher era mantida na casa juntamente dois filhos do casal: um de 1 ano e outro de 4 anos. 

Uma equipe da Polícia Civil de Salto de Pirapora formada pelos policiais: Belloti, Thiago, Antonio e Jackson soube do caso e foi na casa do casal situada na Rua José Secato, Bairro Arco Iris naquela cidade.

A equipe prendeu o indivíduo em flagrante por cárcere privado, ameaça e violência doméstica. Após o registro de flagrante na Delegacia, a polícia encaminhou o indivíduo para a cadeia pública em Pilar do Sul. O caso ocorreu na terça-feira pela manhã (31/03).

Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário