sexta-feira, 6 de março de 2015

Desfecho do Crime - Comerciante de Araçoiaba da Serra é condenado por tentativa de homicídio

O Tribunal do Júri de Sorocaba aplicou pena de 4 anos, em regime inicial aberto ao pernambucano Chalys de Moraes Torres de 38 anos, (idade atual) porque ele tentou matar com dois tiros de revólver calibre 38, o paranaense Devanir Deziderio Novais de 51 anos (idade atual). A culpabilidade foi reconhecida na quinta-feira (05/03). 

O fato

O crime ocorreu no início da noite de 25 de maio de 2012, num pesqueiro às margens da Rodovia Raposo Tavares, na altura do Bairro Ipanema do Meio, em Sorocaba. Após rápida discussão porque Devanir teria comprado madeira de Chalys e não teria pago, Charlys sacou o revólver e desferiu dois tiros que atingiram a mão e o tórax do seu desafeto. 

Charlys entrou num utilitário Pampa e se dirigiu até a casa dele, no Bairro Jundiaquara na vizinha Araçoiaba da Serra e escondeu o revólver, depois fugiu em uma motocicleta. Devanir que mora no Bairro Bosques dos Eucaliptos, em Araçoiaba da Serra, foi levado ao pronto-socorro do Hospital Regional. Não morreu. 

Planária

Em plenário, o promotor de justiça Eduardo Francisco dos Santos Júnior pediu condenação por tentativa de homicídio simples. A acusação inicial era de tentativa com duas qualificadoras, mas segundo seu convencimento, Eduardo Júnior retirou as qualificadoras da torpeza e surpresa. O advogado Mário Del Cístia Filho concordou com a tese da acusação (tese convergente). Charlys nunca esteve preso por este delito. 

Durante o período de 4 anos, Chalys terá que comparecer a cada 4 meses ao Fórum de Sorocaba, não deverá frequentar bar ou similar, recolher-se em sua residência até as 22h e lá permanecer até as 06h do dia seguinte e só deverá sair de Sorocaba para outro estado após autorização do juízo de execução penal.

Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário