quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Acusado por estupro de vulnerável é detido pelo pai da vitima e levado para a Delegacia de Salto de Pirapora

Pedreiro Benedito
Na quarta-feira (04/02) aconteceu um fato inédito na Rua José Rodrigues Fernandes, Jardim Cachoeira, em Salto de Pirapora e em seguida numa residência do mesmo bairro.

No início da noite, naquela rua (isto mesmo, em plena rua), o pedreiro Benedito Donizete da Silva, 50 anos, aparentemente embriagado teria conversado com um menino de 08 anos e sua irmã de 04 anos, durante à conversa baixou as vestes da menina e depois pediu que ela tocasse no seu pênis.

Ao presenciar aquele ato, o menino chamou sua irmã e procurou sua mãe que estava na casa e contou-lhe o ocorrido. A mulher ligou para o esposo e este se dirigiu ao bairro e localizou o pedreiro no interior da casa de outra pessoa no mesmo bairro (Jd Cachoeira).

O pai narrou o caso ao dono da casa, ao ouvir a reclamação o dono da casa permitiu o pai entrar na casa e deter o suspeito. Populares do bairro se aproximaram da casa para linchar o suspeito, mas o pai da menina pôs o suspeito no carro e o levou para a Delegacia da cidade. O pedreiro confirmou o fato, porém alegou que o menino de 08 anos foi quem baixou as vestes da irmã.

O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho prendeu o pedreiro como incurso no artigo 217-A (estupro de vulnerável). O homem não tinha passagem pela polícia, ele é natural de Itajubá-MG, mas mudou para Salto de Pirapora e morava sozinho no bairro, onde o fato aconteceu.


Não dá para viver sem notícia.   

Um comentário:

  1. Nojento FDP, vem lá da puta que pariu aliciar criança na nossa cidade, o povo deveria ter linchado esse lixo imundo da sociedade.

    ResponderExcluir